Acesso remoto aos documentos: solução mais do que atual


Neste momento que as empresas estão revendo processos e procedimentos, em função da pandemia causada pelo coronavírus, um assunto não pode sair do radar: a gestão dos documentos.

Entendo, e muitos outros especialistas têm batido na mesma tecla, de que o trabalho nos escritórios deve sofrer muitas mudanças. O distanciamento social vai provocar num primeiro momento equipes menores presencialmente e ferramentas tecnológicas vão ampliar o home office. Tudo é um pouco incerto e passível de ajustes para alinhamento às necessidades das empresas.

Esse novo cenário, no qual o presencial – em diversas atividades administrativas – não será tão requisitado, a gestão dos documentos precisará ser revista e atualizada.

Na verdade, como em outras situações, podemos ter uma antecipação de uma tendência: a intensificação do acesso remoto aos documentos.

Os documentos originais, em mídia papel, são há muito tempo passíveis legalmente de digitalização. Incluídos em plataforma adequadas, esses documentos podem ser acessados de qualquer lugar e a qualquer hora.

O home office intensifica uma cultura de trabalho on-line, o que vai incluir o acesso aos documentos digitalizados.

Ainda estamos num momento crítico de saúde, mas, por conta do tempo passado e incertezas, muitos já estão pensando no chamado ‘novo normal’. E ele já está batendo na nossa porta.

Suely Dias dos Santos

CEO da Técnica Gestão Documental